Resenha #10: A Revolução dos Bichos

A História


Na fazenda de Jones tudo ocorre tranquilamente, os bichos trabalham, os investimentos dão retorno, mas nem tudo pode ser tão perfeito. Cansados de tanto trabalho e dos maus tratos que recebem os bichos entram numa nova empreitada: Uma Revolução.

Numa batalha contra os homens os bichos saem vencedores e tomam posse da fazenda. Por serem, os mais inteligentes os porcos lideram o grupo. São estabelecidos mandamentos e feitas reuniões semanais, os trabalhos distribuídos e a ração dividida.

No entanto, os porcos são os primeiros a quebrarem os mandamentos e estão cada vez mais parecidos com os homens, exploram imensamente os outros animais, fazem imposições e são os únicos merecedores de privilégios. Como os outros animais reagirão a essa mudança de atitude dos porcos?

Minha Leitura

A Revolução dos Bichos é uma bela fábula, na qual os animais cansados de serem martirizados pelo homem resolvem serem donos dos seus direitos. Essa história na verdade é uma metáfora a um período da história mundial: O Stalinismo.

Na história, a filosofia adotada é chamada da Animalismo mas fazendo um paralelo com a vida real percebemos algumas características do Stalinismo:

- Centralização dos processos de tomada de decisão no núcleo dirigente do Partido;

As decisões são tomadas unicamente pelo porcos, seres que por serem considerados mais inteligentes tinham o poder de gerir todos os processos da fazenda;
- Completa eliminação de quaisquer formas de oposição; 

De início, dois porcos são responsáveis pela gestão da Fazenda. Mas logo, um dos porcos é mandado embora e os outros animais são levados a considerá-lo traidor. Mas na verdade, a expulsão se deve apenas ao fato de um dos porcos querer o poder só para si. Já no final da história, todo animal que se opõe as ideias do líder paga com pena de morte.

- Culto à personalidade do(s) líder(es) do Partido e do Estado;

Assumindo sozinho todo o poder da Fazenda, Napoleão obriga os outros animais a apreciarem sua imagem, colocando um quadro seu em uma das paredes da fazenda. Não bastasse isso o porco, por meio de outro porco, espalha informações que o caracterizam como o herói e provocam a admiração dos demais animais.

A narrativa possui a escrita comumente encontrada nas fábulas, que na maioria das vezes é destinada a crianças, o diferencial desta não está no plano da expressão, mas no plano do conteúdo que ultrapassa os ensinamentos dados pela fábulas e leva a um conhecimento mais elevado da história da humanidade.

"De certa maneira, era como se a granja tivesse ficado rica sem que nenhum animal houvesse enriquecido exceto, é claro, os porcos e os cachorros." (Pág: 102)

"Tentando explicar, Garganta dizia que os porcos despendiam diariamente enormes esforços com coisas misteriosas chamadas "arquivos", "relatórios", "minutas" e "memos". (Pág: 103)

"A verdade é que nem os porcos nem os cachorros produziam um só grama de alimento com seu trabalho; e havia um bocado deles com o apetite sempre em forma." (Pág: 103)

Esses excertos lembram algo, leitores?

Se pensarmos bem, podemos fazer uma inferência bacana. Geralmente, quando nos referimos a algum animal nojento, sujo, são os porcos que nos vem a cabeça. Não seria talvez esse o motivo de o autor ter colocado esses como os animais que detinham o poder? A diferença estaria apenas no fato de esses, não serem porcos sujos e nojentos no aspecto físico, mas no aspecto social, psicológico, emocional.

Os animais nos dão raiva dos dois lados. De um lado, o lado do poder, Napoleão é asqueroso, meticuloso e manipulador, vive sempre cercado por um bando de cães que fazem as vezes de guarda-costas, o que nos dá vontade de esganá-lo (no caso, esganamos o livro). Do outro, nossa raiva é reforçada pela ingenuidade ou burrice dos outros animais que aceitam as imposições do líder e ainda o exaltam. Certo, os porcos são animais considerados mais inteligentes, mas certamente os animais com um pouquinho mais de sagacidade perceberiam suas intenções, da mesma forma como perceberam os abusos cometidos pelos homens.

Assim, a Revolução dos Bichos pode e deve ser considerado uma leitura indispensável a todo leitor. Além de uma história muito boa, nos ajuda a entender um pouquinho melhor essa forma de governo que existiu há algum tempo. Fora isso, temos um livro curtinho e que pela linguagem simples nos permite uma leitura rápida.

"As criaturas de fora olhavam de um porco para um homem, de um homem para um porco e de um porco para um homem outraz vez; mas já era impossível distinguir quem era homem, quem era porco" (Pág: 112)

Título: A Revolução dos Bichos
Autor: George Orwell
Editora: Claro Enigma - Companhia das Letras
Páginas: 147
Nota: 5/5

Por favor, compartilhe!

  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

2 comentários :

  1. Oi, Raimundo!
    Já li A Revolução dos Bichos; tenho-o, na verdade, e é exatamente com essa capa do seu post. Gosto MUITO desse livro. Apesar de se referir ao Stalinismo e ser uma fábula metafórica muito bem escrita, a gente pode apropriar a tanto da nossa realidade! Acho que poderemos fazê-lo durante mais uns bons anos...
    Quando li (e reli, e reli) esse livro, lembrei de duas frases. Não sei quem são os autores, mas dizem:
    "A maioria dos que não querem ser oprimidos, querem ser opressores."
    "Quer conhecer alguém? Dê-lhe poder."
    Nem vou entrar no âmbito político, porque é sempre um motivo de discussão, mas é bom pra gente aprender a olhar de forma crítica a nossa realidade.
    Adoro esse livro MESMO e obrigada por tê-lo resenhado!

    http://www.annarios.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anna!

      Que legal receber sua visita mais uma vez. Esse livro realmente nos apresenta uma metáfora impressionante e é um recurso mais que válido para entendermos um pouco daquela forma de governar.

      Também gostei demais da leitura, e sou eu que lhe agradeço por ler a resenha.

      Abraços!

      Excluir

Olá!

É sempre um prazer receber sua visita e comentário. Responderemos a sua mensagem logo que possível. Obrigado e Volte sempre! :D

Scroll to top