Resenha #01: Métrica (Slammed)


A História

A história de "Métrica" começa quando Layken e sua Família sofrem a perda do pai e se mudam para outro estado, em busca de uma vida melhor. Quando chegam a nova cidade, a garota logo faz amizade com o seu vizinho, assim como seu irmão também se torna amigo do irmão do vizinho.

Em pouco tempo, a amizade evolui para algo mais profundo e os dois se entregam a um forte sentimento. O sentimento é tão intenso que não deixa espaço para que eles se conheçam melhor. No primeiro encontro, eles vão a uma disputa de Slam, no qual os participantes são desafiados a fazerem poesias. Participando da brincadeira, Will - o vizinho - faz um poema e através dele Layken fica sabendo que ele perdeu os pais cedo e teve de assumir a responsabilidade pelo irmão quando tinha apenas 19 anos.

No primeiro dia de aula na nova escola, Layken faz amizade com Eddie, uma garota decidida e amiga. Ainda perdida nos corredores da escola, Layken encontra Will e ocorre uma grande surpresa para os dois. Ela será sua aluna e ele seu professor de Poesia. Assim, a relação aluna-professor cria um muro entre os dois, que se afastam para preservar o emprego do rapaz.


Nesse meio tempo, Layken descobre o verdadeiro motivo da vinda para o novo estado, a mãe está morrendo, afetada por um câncer no pulmão. Não aguentando as emoções e a pressão da informação, a garota corre para os braços de Will e se refugia lá, sem ânimo, sem coragem. Ela só sai da casa do vizinho, quando sua amiga Eddie chega e a tira de lá obrigando-a a conversar com a mãe. A conversa não é nada agradável, ela descobre que a mãe tem quase nenhuma chance de cura e que já encontrou uma tutora para cuidar do seu irmão.

No Epílogo do livro ficamos sabendo que a mãe de Layken já não vive mais, que ela assumiu a responsabilidade pelo irmão e  mantém um relacionamento com Will, que na verdade, havia sacrificado o romance não em nome do seu emprego, mas para que a filha pudesse se dedicar a mãe em seus últimos dias de vida.

Minha Leitura



Já no início me apaixonei pelos trechos de músicas que nos introduzem cada novo capítulo. Se atentarmos para esses trechos percebemos que eles de uma certa forma, sintetizam o que vai ser desenvolvido no capítulo, já nos deixando preparados e cheios de suposições para o desenrolar da história. Destaco aqui um dos trechos que mais me chamaram a atenção e que mais gostei:

Don't say it's over
'Cause that's the worst News I
could bear I swear that I will
Do my best to be here
just the way you like it
Even though it's hard to hide
Push my feelings all aside
I will rearrange my plans and
change for you

Não diga que acabou / Pois isso é a pior notícia que eu poderia escutar / Juro que vou / Fazer o meu melhor para ficar ao seu lado do jeito que você gosta / Apesar de ser difícil esconder / De ignorar totalmente meus sentimentos / Vou reajustar meus plano e mudar por você. (Cap: 21, pág: 285)

- THE AVETT BROTHERS, “IF IT'S THE BEACHES”

Além disso, a história é um espetáculo a parte, recheada de poemas, que nos tocam,emocionam e nos proporcionam uma interpretação que não seria possível apenas com descrições e narrativas, mas estruturando-se em composições extremamente líricas.

A escrita da autora é agradável e flui facilmente. A história é narrada em primeira pessoa, portanto temos uma visão mais ampla e significativa dos pensamentos, sentimentos  e emoções da personagem principal, o que nos ajuda a entender e por vezes questionar suas ações.

A autora utiliza figuras de linguagem que nos permitem ter uma ideia melhor desenhada da personalidade de Layken, seja quando ela faz uma ironia, como no treho da pág:  88, em que segundo ela, "o barulho da sala era ensurdecedor", seja quando ela relata as contradições dos seus sentimentos, presente na pág: 93: "Nada mudou, mas ao mesmo tempo, tudo mudou."


Ao ler a história uma personagem que achei gratificante foi Eddie. Como nos é informado, também por meio de uma poesia, a personagem passou por vários problemas familiares e ainda assim entende os verdadeiros valores da amizade e da compreensão. Com ela, entendemos que a vida pode ser cruel, mas que não podemos deixar que ela arranque o sorriso do nosso rosto.

Então, como vocês podem perceber "Métrica" foi uma leitura agradável e proveitosa e que me rendeu boas colheitas e muitas reflexões a respeito do amor, da vida e da união. Sendo portanto, uma leitura que recomendo não só para aqueles que gostam de romances, mas para todos aqueles que apreciam a vida. Para finalizar, deixo mais um ensinamento:

“O que as outras pessoas pensam de suas palavras não deve importar. Quando você está no palco, você compartilha um pedaço de sua alma. Não dá para pontuar isso.” (Cap: 13, pág: 207)


Título: Métrica (Slammed)
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera
Páginas: 304
Nota: 5/5

Hasta la vista!

Por favor, compartilhe!

  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta

Olá!

É sempre um prazer receber sua visita e comentário. Responderemos a sua mensagem logo que possível. Obrigado e Volte sempre! :D

Scroll to top